Construção do lago

Como montar uma cascata artificial em casa? Veja imagens inspiradoras

11 Comentários

Você já pensou no quanto seria agradável e relaxante ter o som da água caindo sobre as pedras a poucos passos da sua porta? Ter uma cachoeira e um lago no jardim transformaria a sua casa em um verdadeiro oásis de serenidade e tornaria os seus momentos em família mais interessantes, certo? Esse é um sonho distante para quem mora em grandes cidades, mas que tal montar uma cascata artificial?

Como não é tão simples assim encontrar um terreno tão privilegiado — especialmente em metrópoles e nos seus arredores —, gostaríamos que você soubesse que montar uma cascata artificial para compor o seu projeto paisagístico é mais fácil e barato do que você imagina.

Com informação e orientação sobre as técnicas mais adequadas, você e sua família podem construir a própria cascata e transformar seu jardim no espaço de lazer dos seus sonhos. Quer saber como? Continue acompanhando o nosso post!

Por que ter uma cascata artificial em casa

Depois de pronta, sua cascata transformará o seu jardim em um espaço muito mais harmônico e atraente: o lago poderá ser a atração do local e o novo passatempo das crianças. Ele também poderá estocar água da chuva para suprir algumas demandas domésticas, como regar as plantas ou lavar o piso, por exemplo.

Assim, além de revigorar o astral da sua casa — aliando sustentabilidade e um visual surpreendente —, você e seus ajudantes terão momentos muito divertidos juntos ao longo da construção da cascata artificial. Com algumas dicas, vocês poderão colocar a mão na massa e eliminar a necessidade de contar com um serviço especializado.

Isso tornará o seu projeto muito especial e bem mais em conta. No entanto, é preciso estar por dentro de algumas técnicas — que serão citadas ao longo deste artigo — para evitar vazamentos e outros erros.

Quais são os materiais necessários

Existem diversos modelos de cascatas artificiais e eles são construídos com os mais variados tipos de matéria-prima, como concreto celular, tijolo, pedras artificiais, fibra de vidro, bambu, entre outros. Todos esses materiais têm prós e contras.

O bambu, por exemplo, é mais usado para cascatas que serão instaladas no interior da casa e pode apodrecer rapidamente. O concreto celular tem um manuseio mais simples, mas é mais difícil de ser encontrado. Nesse sentido, as pedras artificiais e os tijolos são as melhores opções.

Caso opte pelas pedras, você precisará delas em três tamanhos: as pedras grandes servirão para emoldurar o lago e a queda d’água, as médias servirão como conexões e o cascalho preencherá o fundo e as fendas. Vale apenas lembrar que é ecologicamente incorreto utilizar pedras dos rios.

Você ainda precisará de uma lona resistente para fazer a impermeabilização — ou de uma manta líquida no caso de alvenaria—, um sistema para movimentar e filtrar a água, cimento e algumas plantas para decorar a cascata e deixá-la com um ar mais natural.

Passo a passo da montagem

1. Faça o planejamento

Antes de mais nada, planeje! Analise o seu quintal para verificar o melhor lugar para montar uma cascata artificial e use tinta em spray para demarcar o ponto exato da escavação.

Você pode instalar a cascata aproveitando a inclinação natural do terreno ou pode criar uma queda utilizando tijolos e pedras. Quanto mais alta e íngreme a inclinação, mais rápido será o fluxo da água e mais alto será o som da cachoeira.

Considere, ainda, instalar a cascata perto de uma fonte de energia elétrica, pois a bomba para mandar a água de volta para o topo da queda precisará ser ligada ali. Por fim, vale mencionar que não existe, obrigatoriamente, um tamanho ideal para a cascata e para o lago.

É recomendado, porém, que a borda tenha 15cm e que o lago seja capaz de conter o volume de água mesmo com a bomba desligada. Faça alguns cálculos e tudo correrá bem.

2. Prepare o terreno

É hora de tirar o plano do papel. O primeiro passo é escavar o terreno que você demarcou na etapa do planejamento. Vá mais fundo no local onde a bomba e o tubo que ficará entre as pedras serão instalados — lembre-se apenas de verificar com a prefeitura ou com o condomínio se a escavação não atingirá dutos de água ou de gás.

Em seguida, cubra o buraco e as bordas com a lona — deixe algumas folgas para evitar que o peso das pedras e da água rasgue o material — e instale a bomba e o cano. Coloque algumas pedras médias para segurar a lona ao redor do futuro lago.

3. Arme a queda d’água

Comece a verticalizar a sua cascata. Depois de fazer o contorno do lago, empilhe as pedras grandes imaginando como a água passará por elas e como você gostaria que fosse o design da cachoeira. Essa etapa também pode ser feita com tijolos e reboco de areia e cimento — procure manter um aspecto rústico para obter um visual mais orgânico.

Caso opte pelas pedras, use argamassa para fixá-las. Se escolher trabalhar com tijolo, pinte o reboco com tons terrosos e faça buracos em alguns pontos das “torres” que você ergueu para instalar plantas — como bromélias e samambaias — e criar texturas.

Não se esqueça de impermeabilizar a parte de trás da cascata para que a água não escorra entre as pedras e cause vazamentos no lago.

4. Finalize o fundo do lago e o aspecto geral

Para finalizar, cubra o fundo do lago com cascalhos  para dar um aparência mais natural. Afaste-se e veja como está o aspecto da sua cascata para verificar como deve ser feito o acabamento. Use pedras médias para fechar algumas frestas entre as pedras grandes e adicione plantas ao redor da queda e do lago para aumentar a sensação de natureza.

Caso queira colocar peixes, utilize um sistema de filtragem de lagos especifico para tratar a água de forma correta. Se o lago não for ter peixes, é muito importante utilizar um produto que evite a proliferação de mosquitos, principalmente o Aedes aegypti que é o transmissor da dengue e outras doenças.

5. Imagens de cascatas incríveis para você se inspirar

Separamos para você, algumas imagens de cascatas inspiradoras construídas pelo homem.  Use a sua imaginação e suas referências visuais na hora de construir a cascata do seu lago artificial.

1. Cascata com água escorrendo por todo o contorno da pedra e mudando de direção por três vezes.
1. Cascata com água escorrendo por todo o contorno da pedra e mudando de direção por três vezes.
2. Cascata baixa, surgindo do meio das pedras e caindo sem escorrer pelas pedras de baixo.
2. Cascata baixa, surgindo do meio das pedras e caindo sem escorrer pelas pedras de baixo.
3. Cascata alta, do tipo lâmina d'água, surgindo de uma figura ou escultura.
3. Cascata alta, do tipo lâmina d’água, surgindo de uma figura ou escultura.
4. Múltiplas cascatas tipo lâmina d'água surgindo do meio da parede.
4. Múltiplas cascatas tipo lâmina d’água surgindo do meio da parede.
5. Cascata larga do tipo lâmina d'água com a lamina perfeita e totalmente aberta.
5. Cascata larga do tipo lâmina d’água com a lamina perfeita e totalmente aberta.
6. Cascata de dois níveis com a água escorrendo pelas pedras e com um lago intermediário.
6. Cascata de dois níveis com a água escorrendo pelas pedras e com um lago intermediário.
7. Cascata de três níveis, com pequenos reservatórios intermediários. Do tipo lâmina d'água com o último estágio mais largo que os anteriores.
7. Cascata de três níveis, com pequenos reservatórios intermediários. Do tipo lâmina d’água com o último estágio mais largo que os anteriores.
8. Cascata de dois estágios com lago intermediário. Primeiro estágio com a água escorrendo entre pedras grandes e o segundo do tipo lâmina d'água com parte desviando em pedra grande.
8. Cascata de dois estágios com lago intermediário. Primeiro estágio com a água escorrendo entre pedras grandes e o segundo do tipo lâmina d’água com parte desviando em pedra grande.

Pronto! Depois de seguir esse passo a passo, você terá concluído com êxito a missão de montar uma cascata artificial no seu jardim. Agora é só ligar a bomba e ver como a água flui pela queda que você construiu.

E então? O que você achou do nosso passo a passo? Ficou animado para tirar o seu projeto de quintal perfeito do plano das ideias? Compartilhe este artigo nas suas redes sociais e incentive outros amigos a fazer o mesmo!

11 comentários

  1. Gostei muito das dicas, mas seria muito importante se pudessem colocar algumas fotos ou esboços de modelos que poderiam ser montados, assim a visualização ajudaria os menos experientes nesse tipo de fabricação.

  2. GOSTARIA DE MONTAR UMA FONTE DE APROXIMADAMENTOE 2METROS POR UMA METRO DENTRO DE UMA SACADA PODEIA ME SUGERIR ALGO .
    DESDE JÁ AGRADEÇO.
    WILLIANS.

  3. Olá. Sou uma apaixonada por lagos, cascatas e piscinas naturais. As dicas de vocês são muito incentivadoras. Estou construindo uma casa no interior e pretendo em breve colocar várias dessas ideias em pratica. Com certeza na hora certa entrarei em contato para orientações sobre equipamentos. Parabéns pelo trabalho.

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios são marcados *