Blog da Cubos Lagos

Evaporação nos lagos ornamentais

Lago artificial

A evaporação em lagos ornamentais é um assunto que tira o sono de muitos laguistas iniciantes e até os mais experientes construtores de lagos ornamentais. A água do lago começa a baixar e fica aquela dúvida se é um vazamento ou se é apenas a evaporação normal da água do lago. 

Nesse artigo veremos o que é a evaporação e os principais fatores que afetam o processo de evaporação da água de um lago artificial. Veremos também, os tipos mais comuns de vazamentos e como identificar se um lago está vazando ou somente evaporando a sua água. 

O que é evaporação nos lagos ornamentais?

A primeira coisa é conhecer melhor o conceito de evaporação. O que é a evaporação? Uma definição básica de evaporação poderia ser a seguinte:

Processo físico que consiste na passagem lenta e gradual de um estado líquido para um estado de vapor, em função de aumento natural da temperatura.

A evaporação acontece quanto moléculas no estado líquido (como a água de lagos ornamentais, por exemplo) ganham energia através do calor até o ponto de romperem a tensão superficial. A evaporação vai normalmente acontecer perto da superfície da água, o que torna o processo lento e limitado. 

Um processo parecido com a evaporação é o que acontece com a água na panela da cozinha com o fogo acesso. Ambos são processos de vaporização, porém, no caso da panela, se chama ebulição. A ebulição acontece de forma mais rápida com uma fonte de calor que eleva a temperatura do líquido de forma bem perceptível. Ocorrendo assim, a passagem para o estado gasoso por toda a extensão do líquido com agitação e formação de bolhas. 

Na evaporação o processo é lento e natural, ocorrendo predominantemente na superfície da água, sem formação de bolhas ou agitação.  

Fatores que afetam a evaporação em lagos ornamentais

Conhecendo os principais fatores que afetam a evaporação da água em um lago ornamental, fica mais fácil de identificar situações de perda de água que não estejam relacionadas com um possível vazamento. 

Umidade do ar

Se o ar estiver com alta umidade, então a evaporação será mais lenta. Podemos então afirmar que a velocidade da evaporação está inversamente ligada a umidade relativa do ar. Quanto maior a umidade do ar, menor a velocidade de evaporação da água do lago. 

Temperatura ambiente

Quanto maior a  temperatura, maior a taxa de evaporação da água.  Isso acontece porque o calor do sol faz com que as moléculas da água ganhem energia e, dessa forma, aumentem a probabilidade de sofrerem evaporação. 

Área da superfície do lago

Como a evaporação acontece sempre na superfície da água, quanto maior a área do lago, maior a velocidade de evaporação. Lagos do mesmo volume e no mesmo local podem evaporar de forma diferente. Um lago profundo pode evaporar menos do que um lago raso mas com uma área maior. Então o que importa na evaporação não é a profundidade nem o volume do lago, mas principalmente a área superficial do lago ornamental. 

Ventos

Locais com ventos podem sofrer mais evaporação. Em ar parado, a diferença de pressão do vapor diminui rapidamente e o processo de evaporação fica limitado pelo vapor difundido na atmosfera proveniente da superfície da água. A turbulência provocada por vento e por convecção térmica afasta o vapor das camadas em contato com a superfície da água e possibilita a continuidade da evaporação.

Pressão

A evaporação é mais rápida se menos pressão é exercida sobre a superfície, a qual dificulta o escape das moléculas.

A conclusão é que lagos com grandes áreas superficiais, instalados em locais quentes, com baixa umidade e ventos fortes, estarão sujeitos a maiores velocidades de evaporação de água. 

Vazamento de água em lagos ornamentais

Alguns fatores importantes podem fazer o lago perder água por outros motivos que não a evaporação. Podemos considerar esses fatores como possíveis vazamentos no lago e, os principais deles são:

Geotextil em contato com a terra

Quando o lago ornamental é impermeabilizado com geomembranas, normalmente se utiliza uma ou duas camadas de geotextil para fazer a proteção mecânica. Caso o geotextil, que fica por cima da geomembrana, tenha algum contato com a terra, ele pode “puxar” a água e ir secando o lago lentamente. Para evitar isso, o geotextil deve sempre ser cortado um pouco menor que a geomembrana de impermeabilização, garantindo assim, que ele fique somente dentro da água. 

Cascata perdendo água

A perda de água na cascata pode acontecer quando as pedras são posicionadas de uma forma na qual a água escorra por traz e não volte para o lago. Isso é facilmente resolvido colocando a impermeabilização sempre por trás da cascata e, caso a água escorra, ela voltará para o lago sem se perder no solo.

Lago desnivelado

O nivelamento do lago deve ser feito sempre no inicio da obra, no momento da escavação. O lago sem um nível bem feito, poderá perder água pelo lado mais baixo. 

Problema na impermeabilização

Geomembranas de baixa qualidade podem ressecar e trincar com o tempo. Existe também a possibilidade de furos na hora da montagem. Lagos de alvenaria também devem ser impermeabilizados com produtos de qualidade e não devem apresentar rachaduras na estrutura. Para encontrar um vazamento causado pela impermeabilização, deixe o lago esvaziar até ele estabilizar, será nessa linha que o furo ou rachadura se encontrará. Vazamentos devido a  falha na impermeabilização são provavelmente um dos problemas mais difíceis de se resolver depois de um lago ornamental pronto. Por isso, os cuidados devem ser redobrados e materiais de alta qualidade precisam estar presentes. 

Tubulação danificada

Tubos e conexões de PVC mal soldados, mangueiras e espigões de baixa qualidade, são elementos que podem contribuir na perda de água de um lago. Fique sempre atento às interferências que são feiras na geomembrana, utilize sempre flanges para fazer a vedação nesses pontos. Para tubos de PVC, sempre lixe a superfície do tubo e da conexão, limpe com a solução de limpeza especial para PVC e depois use a cola de acordo com as instruções do fabricante. 

Lago com prainha de areia

A areia também pode “puxar” a água da mesma forma que acontece com o geotextil. Sempre que um lago artificial for construído com uma praia de areia, a impermeabilização deve ser feita pelo menos uns 10cm a mais do final da prainha. 

Teste para identificar se o lago ornamental está vazando ou está somente evaporando

Um teste muito simples, mas ao mesmo tempo muito eficiente, pode ser feito para se ter uma idéia se a perda de água está acontecendo somente pela evaporação ou se existe um possível vazamento no lago artificial. 

  1. Em um balde ou bacia grande, faça uma marcação com uma caneta permanente ou uma fita bem aderente. Encha o balde com a água do lago até a marcação que foi feita. Deixe o balde ao lado do lago. 
  2. No lago, faça também uma marcação com uma caneta permanente, uma fita ou qualquer outra coisa que consiga marcar com precisão o nível atual da água do lago. 
  3. Desligue a bomba da cascata, as bombas dos filtros e deixe somente uma bomba de oxigenação para manter os peixes seguros. Nesse momento, precisamos o mínimo de movimentação na superfície do lago. 
  4. Aguarde, pelo menos, 2 a 3 dias.
  5. Meça quantos milímetros a água do balde e do lago baixaram em relação a marca que foi feita. 
  6. Caso as duas medições estejam próximas uma da outra, o lago não tem vazamentos. Se a água do lago baixou bem mais que a do balde, podemos concluir que existe um possível vazamento no lago ornamental.
Sair da versão mobile