Filtragem do lago

Você conhece os principais tipos de filtro para lagos ornamentais?

Sem comentários

Muitas pessoas pensam em adquirir um filtro para lagos ornamentais, mas ainda não entendem muito bem seu funcionamento ou atuação. Por isso, acabam desconsiderando sua importância na manutenção do sistema e para a eliminação de problemas no lago.

A filtragem da água serve para garantir que os peixes estejam sempre saudáveis e belos para apreciação. Os filtros para lagos irão, através de bactérias especializadas, converter moléculas que são tóxicas para os peixes e que favorecem o crescimento de algas.

Neste artigo, você saberá um pouco mais sobre os tipos de filtro para lagos ornamentais. Entenda sua função, vantagens e a importância de escolher um produto de qualidade para fazer a filtragem da água. Confira!

Qual a importância de ter um filtro em seu lago ornamental?

Lagos ornamentais são sistemas fechados e sem uma fonte de água natural, o que significa que aquela água ficará parada e acumulará resíduos e sujeira, como se fosse uma poça.

A função dos filtros é fazer com que a água circule para garantir a qualidade de vida das espécies de animais que viverão no lago.

Sem a utilização de um filtro, ocorrerá o acúmulo de algas e outros microrganismos que, além de passar aquela sensação de um lago mal cuidado, podem acabar adoecendo os peixes e causando ainda mais problemas e gastos.

Quais os tipos de filtro para lagos ornamentais?

Filtro biológico

Podemos dizer que ele é uma espécie de filtro vivo, fazendo a purificação da água por meio de uma colônia de bactérias formada dentro de mídias biológicas localizadas em seu interior.

São essas bactérias que removem a amônia, o nitrito e o  nitrato da água do lago, mantendo-o saudável e evitando o crescimento de algas.

Nos filtro biológicos existem também uma filtragem mecânica para reter a sujeira. Outra filtragem, encontrada em equipamentos de qualidade, é a filtragem química, normalmente feita de carvão ativado, responsável pela eliminação de odores e colorações indesejadas.

Filtro UV

Esse tipo de filtro possui, em seu interior, uma lâmpada ultravioleta especial com função germicida. O filtro UV deve ser sempre utilizado em conjunto com um filtro biológico, já que ele é um complemento da filtragem principal.

A luz ultravioleta, apesar de não exatamente matar os microrganismos, altera seu DNA, fazendo com que eles não consigam se reproduzir. Dessa forma o microrganismo irá de existir na água do lago.

É fundamental entender que a importância do filtro UV não é somente eliminar as algas que deixam a água verde. Sua função vai muito além disso, já que ele também elimina bactérias, fungos e protozoários. Mesmo que o lago esteja com água cristalina, o filtro UV deverá ser utilizado para evitar problemas que poderão custar mais caro do que o próprio filtro UV.

Gerador de ozônio

O gerador de ozônio é capaz de destruir moléculas de amônia e matéria orgânica, sendo um filtro complementar a filtragem biológica e ao filtro UV. Sua utilização irá deixar a água muito mais cristalina e irá remover o odor em lagos ornamentais e aquários.

Ele também é capaz de eliminar protozoários, vírus, bactérias, fungos e algas.

Em lagos com profundidade acima de 1,5 metros, o uso do ozônio consegue deixar a água com uma coloração azulada. Para isso, o dimensionamento do equipamento deverá ser feita por um profissional especialista em filtragem de lagos.

Como funciona o filtro biológico?

Os filtros biológicos são compostos por algumas camadas de espuma, escova ou manta de filtragem que acumulam a sujeira mais visível na etapa da filtragem mecânica.

A filtragem biológica irá acontecer em mídias especiais que estão localizadas dento do filtro. Essa mídias são como uma casa para bactérias especiais que fazem a conversão da amônia em nitrito, do nitrito em nitrato e, finalmente, do nitrato em gás nitrogênio.

Existem dois tipos de filtros biológicos, o pressurizado e o por gravidade. Ambos são muito eficientes, mas algumas diferenças entre eles precisam ser pontuadas.

Filtros biológicos por gravidade

O filtro biológico por gravidade é um sistema que precisa, obrigatoriamente,  estar com sua saída de água acima da superfície do lago.

Sua instalação é muito simples e a manutenção muito fácil. Os filtros biológicos por gravidade podem ser instalados na beirada do lago com a saída de água caindo em forma de cascata. O acesso as escovas e espumas de filtragem são muito fáceis, bastado remover a tampa superior para que a limpeza seja feira.

Proporciona uma vantagem na filtragem biológica se comparado à versão pressurizada, justamente por ficar acima do nível da água e receber mais oxigênio, necessário para melhor atividade das bactérias localizadas em seu interior.

Filtros biológicos pressurizados

Já, o filtro pressurizado, pode ser instalado em casas de máquinas abaixo do nível do lago. Seu sistema de retrolavagem é muito prático para realizar a manutenção, porém eles deverão ser abertos uma vez por mês para uma limpeza mais profunda.

Uma grande vantagem é a possibilidade de utilizar a mesma bomba para filtrar e conduzir a água até uma cascata mais alta, economizando com a aparelhagem em alguns tipos de lagos ornamentais. Nos filtros por gravidade, a saída de água não pode ser elevada, impossibilitando o uso em uma cascata.

Como funciona o filtro UV?

O filtro UV geralmente é composto por um tubo com uma lâmpada ultravioleta e um cristal de quartzo no seu interior. Apesar de parecer simples, existe muita tecnologia empregada em sua fabricação.

O reator que acende a lâmpada deve ser fabricado exclusivamente para esse fim. Reatores comuns podem até acender a lâmpada porém, a eficiência e durabilidade não será a mesma.

O cristal de quartzo é outro grande segredo dos equipamentos. Esse tubo de cristal, deve ser fabricado de forma a deixar passar o máximo possível da radiação UV. Existem diversas qualidades de cristais, e o melhores aumentarão bastante a eficiência do filtro UV.

Filtros UVs de qualidade profissional, poderão ter um sistema de refrigeração e sensores de temperatura de forma a aumentar ainda mais sua durabilidade, eficiência e segurança.

Esses filtros podem ter diferentes potências. Potências entre 9W e 95W são as mais comuns, cada uma sendo recomendada para um tamanho de lago.

Quais as vantagens dos filtros da Cubos Lagos?

A Cubos tem excelentes opções de filtros para lagos ornamentais com ampla garantia, sendo todos fabricados no Brasil e, dessa forma, adaptados para o clima e as necessidades do nosso país.

São filtros maiores, com design moderno e feitos com materiais de alta qualidade. Nos filtros biológicos da Cubos, são utilizados o bioglass, que é uma mídia composta por pequenos anéis de vidro sinterizados para aumentar a área das colônias de bactérias, ao contrário de algumas marcas estrangeiras, que utilizam mídias plásticas, de menor qualidade e eficiência.

Os filtros UVs da Cubos contam com cristal quartzo de alta pureza, além de reatores específicos. Outro diferencial é a disponibilidade de peças para reposição, ao contrário de outras marcas do segmento.

Portanto, se você busca um filtro para lagos ornamentais de excelente padrão e confiabilidade, entre agora mesmo em contato com a Cubos Lagos! Dispomos de uma equipe qualificada para atendê-lo prontamente e solucionar todas as suas dúvidas!

Cubos Lagos

Somos a Cubos Lagos, empresa líder na fabricação de produtos e equipamentos para lagos ornamentais e que busca ajudar nossos clientes a projetar e construir lagos ornamentais de todos os tipos e tamanhos.

Deixe o seu comentário aqui