Lago no paisagismo

Descubra o paisagismo sustentável e aproveite de suas vantagens!

Sem comentários

Melhorar física e mentalmente a qualidade de vida por meio do uso consciente dos espaços domésticos e reduzir o gasto excessivo de água são alguns dos benefícios que o paisagismo sustentável traz para a nossa casa.

O importante processo de manutenção, por exemplo, necessário para saúde e vida das espécies plantadas, dependerá do modelo escolhido para a construção do jardim e do lago, assim como a periodicidade e os métodos da preservação da área externa.

Neste post, daremos dicas e explicaremos o porquê é saudável e vantajoso investir no paisagismo sustentável. Confira!

Entenda o que é paisagismo sustentável

O paisagismo é quando pegamos uma área de terra e modificamos seus elementos — como planejamento e arquitetura de jardins e parques. A sustentabilidade está diretamente ligada ao desejo de atingir o equilíbrio de um desenvolvimento ambiental acolhedor e responsável.

O paisagismo sustentável faz com que a natureza esteja adaptada ao homem e à arquitetura no meio urbano.

Descubra suas vantagens

Um projeto desses gera mais qualidade de vida e vai além de cenários atraentes — pois, respeita a natureza. Geralmente, um jardim convencional é construído apenas com objetivo estético, enquanto os jardins sustentáveis proporcionam estabilidade térmica para as construções e tornam o ambiente ameno e confortável, o que vai muito além de estética.

Isso elimina substâncias tóxicas do jardim, evita o uso de sistemas de irrigação ao utilizar o reaproveitamento da água pluvial, proporciona a conservação do solo e utiliza plantas específicas para cada clima — preservando a natureza e conservando os ecossistemas.

Além disso, o paisagismo oferece melhorias ecológicas, como solo impermeabilizado, clima agradável e alta qualidade do ar; benefícios sociais em relação ao lazer com a família e os amigos; e também a melhora psicológica — as pessoas ficam em contato com elementos naturais que proporcionam relaxamento e alívio do estresse cotidiano. Adicione também uma camada natural e afável para seu lar, aumentando o valor do seu imóvel.

Seja consciente com o meio ambiente

Já parou para pensar no quanto o ser humano tem denegrido o meio ambiente com sua exploração imprudente?

Necessitamos do ecossistema para sobreviver, sobre isso não há dúvidas! Sem ele, não podemos beber, comer, trabalhar e nem vestir. Os projetos arquitetônicos sustentáveis, como o paisagismo, nos dão a chance de contribuir, e isso é realmente gratificante!

Planeje o seu jardim de forma elegante

O jardim requer um belo planejamento, pois não é simplesmente sair plantando mudas aleatórias em todos os pontos da sua casa. É essencial que, ao planejá-lo, você verifique as condições climáticas, do solo e o uso do espaço — incluindo decoração, produtos para a limpeza e para a segurança. Na decoração, você pode optar por composições de pedras, lagos e outros elementos que desejar.

Prefira materiais que vão diminuir a temperatura, fazer a filtragem de barulhos e prevenir a erosão e sedimentação do solo.

Existe também o paisagismo comestível, que é o cultivo de frutos alimentares ornamentais. Você pode criar uma atmosfera elegante ao mesmo tempo em que pensa na alimentação.

Opte por jardins verticais e ganhe espaço

Se a ideia for incluir jardins verticais também, lembre-se que os elementos naturais, a localização das plantas e a ventilação são elementos substanciais! Você pode fazer os painéis com madeira reutilizada e o jardim vertical com garrafas PET e até pneus, por exemplo.

Escolha tipos de plantas nativas sem abrir mão da qualidade

É bastante satisfatório saber que as plantas nasceram a partir do cultivo de sementes que você mesmo realizou. Para deixar o ambiente harmonioso, opte por uma vegetação local e típica do clima da sua região. Isso atrai pássaros, propicia alimento de néctar e, ainda, frutos. As espécies adaptadas podem causar grande desgaste ambiental!

O plantio escolhido a partir da flora local — como as cactáceas — acarreta uma maior capacidade de retenção de água e de purificação do ar. Outros bons exemplos são bromélias, lírios, antúrios e violetas, por serem plantas mais populares e que utilizam pouca água para o cultivo do paisagismo sustentável.

Faça a manutenção do jardim corretamente

Para manter seu jardim bonito e agradável é necessário realizar algumas técnicas de aguamento, reciclagem e adubação orgânica — assim seu custo será pequeno e a preservação do local será ainda maior. Adeus fertilizante químico!

Então, você pode pensar: “será que sem pesticidas meu jardim está perdido?” Nesse caso, encontre plantas que são repelentes naturais ou que apresentem características simbióticas, como as calêndulas. Também existem insetos benéficos, como as joaninhas, que além de serem muito graciosas, acabam com os pulgões.

Durante os primeiros dois ou três anos, é preciso regar e adubar as plantas para que consigam se desenvolver corretamente. Após esse período, a tendência é que seu jardim não precise de grandes esforços para se manter e evoluir.

Utilize o adubo caseiro

Sabemos que quando a matéria orgânica se decompõe, é fácil encontrar microrganismos que se alimentam dela — eles absorvem muito carbono e soltam variados tipos de nutrientes. Por isso, fazer fertilizante puro não é difícil nem desagradável. Se fizermos corretamente, teremos um produto realmente bom para as plantas.

Saiba que toda ajuda é bem-vinda

É importante destacar que vale a pena procurar um profissional da área para ajudar com o projeto de paisagismo sustentável, podendo ser um arquiteto ou uma empresa especializada em áreas externas. Esses profissionais auxiliarão você na hora de decidir sobre o que sua casa precisa entre as diversas possibilidades ofertadas.

Chame sua família e seus amigos para colocarem as mãos na massa e assim criar mais um momento alegre e prazeroso para fazerem juntos! Os momentos de conscientização e aprendizado nunca são um exagero.

Plantear o paisagismo sustentável é muito gratificante e a ideia é fazê-lo se desenvolver, durar e ocupar o espaço. O cuidado é indispensável, tanto para manter o encanto como para preservar a saúde do jardim. Assim, arquitetar esse processo é ponto básico para que o resultado seja sempre admirado e valorizado ao longo do tempo. Isso também ajudará você a ser consciente em todos os momentos da sua vida sem que seja preciso abrir mão do conforto e do prazer.

Agora que você já sabe como transformar a área externa da sua casa com o paisagismo sustentável, compartilhe este post nas redes sociais e incentive seus amigos a construírem um jardim também.

Cubos Lagos

Somos a Cubos Lagos, empresa líder na fabricação de produtos e equipamentos para lagos ornamentais e que busca ajudar nossos clientes a projetar e construir lagos ornamentais de todos os tipos e tamanhos.

Deixe o seu comentário aqui