Filtragem do lago

Gerador de ozônio para lagos: como utilizar sem erros?

50 Comentários

O ozônio é um gás instável composto por três átomos de oxigênio que, ao reagir e se autodecompor, dá origem a radicais livres, que são altamente reativos e têm vida útil de curta duração.

Ele é considerado um potencial germicida e também um dos maiores oxidante presente na terra, ficando atrás da hidroxila e do flúor. Assim, a geração de ozônio para lagos por meio de um processo de esterilização automatizado é capaz de eliminar vírus, protozoários, bactérias e fungos, de qualquer ambiente.

Levando em conta esse potencial, você já pensou em usar um gerador de ozônio para lagos? Para saber um pouco mais sobre esse mecanismo, como ele é capaz de purificar a água do seu lago ornamental e quais as principais vantagens da sua utilização, acompanhe o nosso conteúdo.

Quais as técnicas de desinfecção com ozônio?

Existem basicamente duas técnicas para geração de ozônio em lagos ornamentais. A primeira delas é com lâmpada ultravioleta (UV), que diz respeito à geração de ozônio por meio da radiação ultravioleta. É um processo considerado mais simples do que a outra técnica de descarga elétrica.

A vantagem desse tipo de geração de ozônio é que a radiação ultravioleta também tem forte poder de desinfecção, além de gerar a hidroxila que é ainda mais oxidante que o próprio ozônio. Além disso, essa técnica é mesmo bastante simples de ser executada.

A outra técnica comum para geração de ozônio para lagos ornamentais é a de descarga elétrica. Através dela é possível separar as moléculas em dois átomos de oxigênio, que serão ligados a um terceiro átomo de oxigênio, formando o O3.

A principal vantagem dessa técnica é a maior capacidade de geração do ozônio, com uma potência relativamente menor. É importante destacar ainda que a geração de ozônio, por meio da descarga elétrica, é feita por um equipamento mais complexo que o ultravioleta e por preços similares.

Ozônio para lagos

Como funciona a desinfecção com ozônio?

A processo acontece por meio de uma motobomba, que transporta a água pelo equipamento de geração de ozônio, com a ajuda de uma peça chamada venturi. Conforme a água passa por ele, o venturi suga o ozônio gerado e injeta-o na água, misturando as duas substâncias. Ao entrar em contato com a água, o ozônio deixa de exercer suas funções no ar e começa a atuar na desinfecção da água do lago ornamental.

Esse processo de mistura do ozônio com a água acontece de forma imediata, ou seja, quando o venturi suga o ozônio pelo gerador de ozônio, ele logo entra na água e começa a agir em poucos segundos, atacando as moléculas de impurezas que dão cor e odor à água, como as moléculas de amônia e matéria orgânica.

O ozônio age imediatamente em todas as impurezas que encontra e, caso ainda sobre o ozônio nesse processo de desinfecção, ele se transforma novamente em oxigênio.

Quais as aplicações do ozônio na limpeza?

A aplicação do ozônio na limpeza acontece pelo venturi, que suga o ozônio e o coloca na água, ou pelo compressor de ar, que também leva o ozônio para dentro da água do lago ornamental. Os dois têm o mesmo objetivo, mas o venturi é mais simples de ser usado, por ser uma peça mecânica, enquanto o compressor é um motor.

Qual a maneira correta de usar um esterilizador de ozônio?

A principal dica para o correto uso do gerador de ozônio para lagos é o dimensionamento do equipamento. É importante procurar por uma empresa que saiba fazer o dimensionamento correto, para comprar o equipamento mais adequado para o seu lago ornamental.

Alguns fabricantes informam a geração de ozônio (em g/h) de forma totalmente errada, superdimensionando esse valor. Por isso, o ideal não é se basear na geração em g/h mas sim no volume que o equipamento consegue tratar de acordo com as informações fornecidas pelo fabricante.

Daí a importância de comprar o equipamento de uma empresa que saiba dimensionar corretamente o melhor esterilizador para lagos, o que depende da concentração de oxigênio no ar do local onde o seu lago ornamental está instalado, da umidade do ar, e também da velocidade de sucção do venturi ou do compressor. São muitas as variáveis que influenciam nesse dimensionamento.

Além disso, o dimensionamento está também diretamente relacionado ao volume de água do lago ornamental e à quantidade de peixes presentes na água, isso porque, quanto mais peixes, maior a presença de carga orgânica e impurezas no lago ornamental, algo que requer um esterilizador ainda mais potente.

Quais as opções para desinfecção com ozônio no mercado?

A técnica da descarga elétrica é a mais usada e a mais comum no mercado.  Já a ultravioleta não é tão difundida, nem todos que têm lagos a conhecem.

O esterilizador de ozônio pode ser usado também em aquários marinhos — água salgada —, comuns às residências. Vale destacar que, quando ele for usado nos aquários, precisa ser usado junto de um controlador de ORP, potencial de oxirredução.

É o controlador de ORP o responsável por ligar e desligar o ozônio, conforme a medição feita na água, que indica a necessidade de sua presença. Se o ozônio for gerado de forma excessiva, ele pode até mesmo tirar a vida dos peixes do aquário. Na maioria dos casos. o controlador de ORP não precisa ser utilizado em lagos, mas é sempre necessário em aquários, que possuem menores volumes de água.

O esterilizador de ozônio ultravioleta tem a capacidade de gerar a hidroxila, portanto, se você precisar gerar a hidroxila no esterilizador de descarga elétrica, é necessário instalar a radiação ultravioleta depois do venturi, para que ela consiga transformar a molécula do ozônio em hidroxila.

No Brasil, desde 2016, é crescente o uso do esterilizador de ozônio em lagos e aquários. Isso porque ele garante a transparência da água que dificilmente é conseguida com outros equipamentos. Mas é preciso usar a quantidade certa de ozônio, de acordo com o volume de água, cuidando para não superdimensionar o uso do gerador de ozônio para lagos.

Acha que precisa de um esterilizador de ozônio para lagos, mas ainda tem dúvidas de qual é o mais adequado e de como usá-lo sem nenhum erro? Entre em contato com a Cubos e tire esclareça tudo sobre o assunto antes de adquirir o produto.

50 comentários

  1. Gostei da matéria, queria saber por exemplo, se para um lago de 3000 litros de água pode ficar com um gerador de ozônio para 3000 litros ligado 24 horas todos os dias? Ou tem que ser um gerador de maior potência de geração de ozônio e quanto tempo também pode ficar ligado? É porque na matéria não tem essa informação. Fico no aguardo.

    1. Oi Paulo, muito obrigado por nos acompanhar. Para o seu lago de 3 mil litros pode utilizar o nosso Cubos Ozônio Enamel 1G e deixar a regulagem dele em 30% da potência. Assim poderá deixar funcionando 24h por dia, que é o ideal.

  2. Tenho um lago de peixes, com aproximadamente 30000 lts.
    o lago está sempre recebendo sol e, a agua fica verde.
    qual o melhor sistema de Ozonio e preço e, condições de pagamento???

    1. Oi Severino, tudo bem? Para o seu lago de 30 mil litros tem que ser o Cubos Ozônio Enamel 3G. Pelo site da para comprar em até 12x, mas vou lhe enviar um e-mail para conversarmos melhor. Abraços.

  3. boa tarde Caio, e para um lago de 40 mil litros,quanto fica,e quanto eu gasto de energia,muito obrigado boa tarde

  4. Tenho um lago de aproximadamente 23.000 litros. Tenho algumas perguntas a fazer :
    1 – gerador de ozônio para este volume de água e também o custo .

  5. Olá, este equipamento gerador de ozônio é capaz de eliminar as algas que se prendem as pedras deixando-as verdes?
    Deixando claro que minha agua é cristalina, apenas as pedras ficam tomadas por essas algas.
    Meu lago tem 1500 Litros e Utilizo o Cubos MultiG2000 com UV16w e outro filtro caseiro com 12litros de bioglass.. mas nada resolve.

    1. Tenho um lago de seis mil litros, e 45 carpas, qual aparelho de ozônio seria bom pra mim, tenho muito verde nas pedras laterais o fundo e coberto com areia branca e pedregulho de Rio. E qual o valor??

    1. Silvio, para o ozônio funcionar você precisa ou de um pequeno compressor de ar ou de um venturi. Dependendo da bomba do seu aquário, pode ser que tenha um venturi acoplado. Se a bomba tiver aquela mangueirinha para puxada de ar da para usar para sugar o ozônio do gerador.

  6. Seria saudável usar osônio em caixas d’água para consumo humano?
    Poderia filtrar minha caixa d’água dessa forma?
    Obrigado

  7. Olá gostaria de saber se o aparelho tem que ficar protegido do tempo ou posso instalar junto ao lago e camuflar com plantas.

  8. Caio
    tenho um lago com 60.000 litros, uso um sistema de
    filtro biologico, que do nada de vez em quando a agua fica esverdeada, qual o tipo de aparelho que devo usar/
    O ozonio pode ser instalado na tubulacao antes do filtro biologico ou nao?

      1. Wagner, pode sim. A distancia pode ser qualquer uma. Porém, quanto mais longe maior tem que ser a sucção do venturi. No caso de 6m é perto, não tem problema, pode instalar normalmente.

  9. Tenho um lago residencial com aproximadamente 1600 L, uso um filtro pressurizado com lâmpada UV de 11W, a qualidade da água é bastante satisfatória, porem creio que super povoei meu lago com a quantidade de carpas, tendo que fazer limpeza do filtro com uma frequência maior, alem disso as pedras ficaram verdes, um sistema de ozônio seria o mais indicado para potencializar meu lago e eliminar a coloração verde das pedras?
    Qual seria o melhor sistema e qual a regulagem?

    1. Oi Silvino, bom dia. Para 10 mil litros eu lhe recomendo o Cubos Ozônio Enamel 3G com uma bomba Cubos Jato 4000 com o mini venturi. Vou te passar mais informações por e-mail. Abraços.

  10. Adquiri o Ozônio Enamel 1G, quero usar um Compressor de ar ligado a um filtro de sílica e ligado ao Enamel 1G
    Exite vários compressores no mercado, qual vc recomenda? 25l/m, 30l/m, 40l/m …… ?????
    Vou usar o Ozônio passando pelo Venture no UV pra usar a molécula Hidroxila, em meu aquário Marinho 800 litro Total.

    desde já obrigado pela resposta.

    1. Olá Pablo, tudo bem?

      Se você for usar o venturi não tem porque usar o compressor. O próprio venturi já fará a sucção do ozônio. Caso use somente o compressor, pode optar por um de 25l/m que está ótimo.

      Veja se ficou claro e me avise.

  11. Olá, tenho um lago ornamental com peixes, 15 mil litros. Tenho filtragem mecânica, mídia e UV. A água se mantem clara mas mesmo assim gostaria de introduzir um ozonizador. Qual modelo seria apropriado?

    1. Olá Mário, tudo bem? Para o seu lago eu recomendo o Cubos Ozônio Enamel 3G em conjunto com uma bomba Cubos Jato 2500 com o mini venturi. Vou lhe enviar um e-mail para conversarmos melhor. Abraços.

  12. Tenho um lago com 400 carpas, com aproximadamente 220 mil litros.
    O lago está sempre recebendo sol a água fica verde.
    Qual o melhor sistema de Ozônio?

  13. Eu tenho um lago de 6000 litros e vou comprar os componentes para ele ficar sadio e bonito. Que componentes deveria comprar?

    Alcir.

  14. Olá, Caio,
    tenho um lago de 5.000 L. Nele, tenho 18 carpas, 3 tartarugas e dois marrecos mandarim. Gostaria de saber qual o filtro biológico, o UV, o de ozônio e a bomba que deveria adquirir para uma melhor qualidade da água? Verifiquei que vocês têm vários modelos de várias potências e vazões. Quais seriam os ideais para o meu caso?
    Obrigado,

    César

  15. Boa tarde Caio
    Estou pretendendo adquirir um aparelho de ozônio e gostaria de saber se vcs tem pessoas que possam dar acessoria qual comprar e fazer a instalação do mesmo .
    Devo dizer que meu lago está com o sistema de lampadas e não estamos conseguindo deixar o lago bem limpo .
    Aguardo uma resposta

    Obrigada

  16. Projetei uma piscina natural e pretendo usar alguns equipamentos da Cubo Lagos, dentre os quais o ozônio e UV e a bomba Orca. São 60 mil litros de água. Qual o equipamento de tratamento da água que vocês recomendam?

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios são marcados *