Cuidados com o lago

4 problemas comuns no lago ornamental e como podem ser evitados

5 Comentários

Ter um lago ornamental em casa pode ser uma ótima ideia decorativa e até mesmo um hobby. Tendo em mente que o lago é artificial, é preciso ter alguns cuidados na construção do reservatório de água e seguir algumas recomendações para que ele funcione em perfeitas condições.

É importante primar pela beleza, higiene e saúde do lago, considerando principalmente a presença de seres vivos (peixes e vegetação), e isso só é possível estando atento a pequenos detalhes de instalação e de manutenção.

Para que seu lago não se torne um problema e permaneça sendo uma atividade prazerosa, reunimos aqui alguns dos problemas que podem acontecer no lago, além de dicas para evitar decepções com o funcionamento e ajudar nas ações e intervenções para solucionar essas eventuais questões.

Problemas comuns em lagos ornamentais

1. Parasitas nos peixes

Um dos problemas mais comuns em lagos ornamentais são os parasitas que acometem os peixes. É importante prezar pela origem dos peixes que serão colocados no seu lago ornamental e realizar o constante acompanhamento da saúde deles.

O peixe que será introduzido no lago ornamental deve passar por um período de quarentena: cerca de 30 dias é o suficiente, já que muitos parasitas possuem um ciclo de vida com muitas etapas.

Sempre que um peixe é incluído ao lago, é preciso lembrar que ele é uma porta de entrada para bactérias, fungos e demais parasitas. Uma dica valiosa para quando for acrescentar um novo peixe no lago artificial é não despejar a água de transporte do peixe dentro do lago.

A água do lago ornamental deve ser preservada e, portanto, não deve ser misturada a nenhuma outra que teve contato anterior com o peixe. Isso porque a água contida no objeto que transportou o peixe pode conter parasitas, alto nível de amônia e até mesmo restos de coliformes fecais dos peixes.

Caso o animal adoeça, é recomendado separá-lo em outro ambiente para que ele se recupere. Esse ambiente não pode ser muito claro e deve ser ainda livre de filtros químicos. Depois de medicado e alimentado com ração de boa qualidade, se totalmente recuperado da doença o peixe pode ser devolvido ao lago.

2. Água esverdeada

O esverdeamento da água é um dos problemas que acontecem no lago ornamental com maior frequência. Esse fenômeno é também conhecido como “sopa de ervilha” e ocorre principalmente devido ao acúmulo de algas suspensas na água do lago artificial.

As algas costumam se proliferar nesses lagos que se tornam ambientes propícios devido à alta luminosidade e à presença de nutrientes. A água verde também é decorrente da ineficiência do sistema de filtragem. Seu mau dimensionamento contribui para a reprodução dessa espécie de plantas.

Acessórios como o filtro ultravioleta e o filtro ozônio são equipamentos essenciais para solucionar esse problema, evitando assim o aumento da quantidade de algas que vão nutrir bactérias aeróbicas.

3. Matéria orgânica em suspensão

O acúmulo de matéria orgânica no lago ornamental é outro problema recorrente. É preciso realizar constantemente a remoção dessa matéria orgânica que se acumula no fundo do lago. Normalmente, a matéria orgânica se inicia com folhas boiando na água, que com o tempo acabem indo para o fundo e se decompondo. Outra forma de entrada da matéria orgânica é com os excrementos dos peixes e restos de ração.

O sistema de filtragem também deve estar bem dimensionado para que a matéria orgânica seja direcionada corretamente para a captação do filtro. Isso vai contribuir para a oxigenação da água, bem como para as trocas gasosas, que são primordiais para a garantia da saúde dos peixes.

Vale lembrar que o lago deve ser construído em um local com menor presença de árvores. O excesso de folhagem que pode ser derrubada pelos ventos certamente vai sobrecarregar o sistema de filtragem do lago, acumulando impurezas que prejudicam a qualidade da água.

4. Evaporação da água

Para corrigir a evaporação de água do lago ornamental, é preciso sempre completar o nível da água de forma manual. Outra forma de se completar a água é através de uma boia instalada no lago.

Evite utilizar a água que escorre do telhado da casa, já que essa costuma vir muito carregada de sujeiras comprometendo o equilíbrio e a qualidade da água do lago. A água de poço artesiano também deve ser utilizada com cuidado já que pode conter muitos metais pesados e ter um pH inadequado para um lago ornamental.  O ideal é que seja utilizada a água do abastecimento público, pois essa é sempre terá um pH e uma qualidade ideal para ser utilizada no lago.

Sempre que for adicionar água ao lago, não se deve esquecer de usar o condicionador de água para evitar a presença do cloro, cloramina , metais pesados e preservar a mucosa dos peixes.

Importância de cuidar bem do lago ornamental

Vimos que para cada problema de um lago ornamental existe um tratamento específico. Daí a importância de cuidar bem do seu lago, desde a instalação até as constantes manutenções.

Além de controlar a qualidade da água e estar atento à saúde dos peixes, é fundamental planejar um processo de construção do lago e criar rotinas de manutenção.

Uma delas é a troca da lâmpada do filtro ultravioleta, que deve ser realizada uma vez por ano. Essa lâmpada precisa estar em perfeitas condições para a correta filtragem da água. Ela tem uma vida útil de 8 mil horas e, depois disso, começa a perder a eficiência, impactando na qualidade da água que certamente ficará esverdeada.

As bombas também devem ser monitoradas com frequência para verificação de possíveis entupimentos. Além disso, é preciso controlar o fluxo de água para que ele seja ideal e não cause danos à bomba, como super aquecimento e até mesmo a queima.

Vale ressaltar ainda a necessidade de acompanhar os possíveis entupimentos que ocorrem normalmente devido ao excesso de resíduos e matérias orgânicas. Esse monitoramento é essencial para que a filtragem ocorra de forma eficaz, garantindo a transparência da água.

Para evitar esses problemas que podem acontecer no lago artificial, entre em contato com a Cubos. Uma das formas de prevenir e solucionar essas complicações é investir em equipamentos e acessórios para o seu lago!

5 comentários

  1. Cubos Lagos para mim um dos melhores sites que ajuda e muito seus seguidores e clientes com muita dedicação e atenção. Parabéns.

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios são marcados *